June 26, 2015 / 1:40 PM / 3 years ago

Corpo decapitado e com palavras em árabe é encontrado em local de ataque na França

Por Catherine Lagrange

SAINT-QUENTIN FALLAVIER, França (Reuters) - Um corpo decapitado e coberto de palavras escritas em árabe foi encontrado em uma empresa norte-americana de gás no sudeste da França nesta sexta-feira, relataram fontes da polícia e da mídia francesa, depois que um invasor bateu um carro contra o local e causou uma explosão.

O agressor sobreviveu à detonação e foi preso. A identidade da vítima decapitada não está clara, mas a imprensa francesa disse se tratar do gerente de uma empresa de transporte local que se encontrava ali para uma entrega.

Falando em uma cúpula da União Europeia em Bruxelas, o presidente francês, François Hollande, descreveu o acontecimento como um ato terrorista e afirmou que todas as medidas serão tomadas para deter futuros ataques no país, ainda se recuperando de atentados islâmicos ocorridos em janeiro.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, declarou que um suspeito, chamado Yassin Sahli, foi preso, e que a polícia deteve outros supostos cúmplices. Ele disse que Sahli não tem ficha criminal, mas foi vigiado entre 2006 e 2008 pela suspeita de que tenha se radicalizado.

“Dois indivíduos lançaram um carro deliberadamente contra os tanques de gás para desencadear uma explosão”, afirmou uma fonte policial sobre o ataque em uma zona industrial na cidade de Saint-Quentin Fallavier, 30 quilômetros a sudeste de Lyon.

Entretanto, o número de agressores foi posto em dúvida, e Hollande disse que podem ter sido um ou dois.

A mídia francesa disse que Sahli é um motorista profissional de 35 anos que vive no subúrbio de Lyon. Não houve confirmação oficial da informação.

Não se sabe se a vítima, até agora a única fatalidade conhecida no incidente que ainda deixou dois feridos, foi decapitada antes ou depois da colisão do carro, se a vítima estava no local no momento do ataque ou se foi morta em outro lugar.

“O ataque foi de natureza terrorista, já que um corpo foi descoberto decapitado e com inscrições”, disse Hollande em uma coletiva de imprensa.

“Todos nós lembramos o que aconteceu em nosso país, e não só em nosso país. Então a emoção é grande. Mas a emoção não pode ser a única reação – deve ser a ação, a prevenção e a dissuasão”.

O atentado enfatizou mais uma vez a dificuldade que as autoridades da Europa e de outras localidades têm para proteger os assim chamados alvos “fáceis” de ataques de agressores que operam por conta própria ou em pequenas células secretas. Pelo menos 27 pessoas foram mortas em um atentado também nesta sexta-feira em um hotel da Tunúsia.

Mais cedo, fontes da polícia afirmaram que uma bandeira com inscrições islâmicas foi encontrada junto ao corpo decapitado. O jornal local Le Dauphine declarou que a cabeça, coberta de palavras em árabe, foi encontrada em uma cerca.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below