2 de Dezembro de 2015 / às 01:36 / 2 anos atrás

Congresso derruba veto de Dilma à aposentadoria compulsória aos 75 anos para servidores

BRASÍLIA (Reuters) - O Congresso Nacional derrubou nesta terça-feira o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto que estendia a todos os servidores públicos a ampliação de 70 para 75 anos da idade do limite para a aposentadoria compulsória.

Com isso, os servidores públicos, a exemplo dos ministros dos tribunais superiores, poderão trabalhar até os 75 anos.

A manutenção deste veto não era uma prioridade do Executivo, que liberou o voto da bancada. Segundo fontes do Palácio do Planalto, o governo prefere desobstruir a pauta para votar ainda nesta terça-feira a mudança da meta fiscal deste ano.

O veto derrubado refere-se à chamada lei da Bengalinha e deriva de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que elevou de 70 para 75 anos a idade para aposentadoria compulsória dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), demais tribunais superiores e ministros do Tribunal de Contas da União (TCU).

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below