10 de Dezembro de 2015 / às 09:50 / 2 anos atrás

Ataque em aeroporto afegão termina com 50 civis e membros das forças de segurança mortos

CABUL (Reuters) - O último dos 11 insurgentes do Taliban que invadiram o aeroporto de Kandahar foi morto na noite de quarta-feira pelas forças do Afeganistão, mais de 24 horas após o início do ataque, informou o Ministério da Defesa, e o número de mortos entre civis e membros das forças de segurança subiu para 50.

Membros das forças de segurança do Afeganistão durante operação em Kandahar. 12/03/2014 REUTERS/ Ahmad Nadeem

O ataque a uma das maiores bases aéreas do Afeganistão coincidiu com uma conferência regional de paz no Paquistão, onde o presidente afegão, Ashraf Ghani, pediu ao Paquistão para ajudar a recomeçar conversas de paz com o Taliban, que foram interrompidas neste ano.

O ministério disse que operações contra os agressores, que tomaram posições em uma parte do complexo usada para acomodação, foram lentas para limitar o número de mortes entre civis.

No total, 38 civis, 10 soldados e dois policiais foram mortos no confronto, enquanto 37 membros das forças de segurança e civis ficaram feridos.

Não houve relatos de mortes entre os milhares de militares internacionais e funcionários terceirizados que ocupam o local fortificado.

Reportagem de Hamid Shalizi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below