10 de Dezembro de 2015 / às 10:25 / em 2 anos

Polícia australiana indicia cinco por planos de atacar prédios do governo

SYDNEY (Reuters) - A polícia australiana indiciou um homem de 20 anos e um jovem de 15, além de mais três pessoas já presas, por conspiração para atacar prédios do governo, após serem detidos durante operações antiterrorismo na manhã desta quinta-feira em Sydney.

A polícia informou, em entrevista coletiva, que alvos potenciais do grupo incluíam a sede da Polícia Federal Australiana, em Sydney, maior cidade da Austrália, assim como civis escolhidos aleatoriamente.

As prisões desta quinta-feira ocorreram em parte devido a evidências conseguidas durante operações policiais em dezembro de 2014, de acordo com comunicado da polícia.

Os três outros homens que já estavam sob custódia por crimes relacionados a terrorismo também foram acusados nesta quinta-feira como parte da mesma operação.

Os homens presos nesta quinta-feira estiveram envolvidos na “formulação de documentos... para facilitar, auxiliar ou fazer com que uma pessoa realizasse um ato terrorista”, de acordo com o comunicado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below