19 de Dezembro de 2015 / às 11:50 / em 2 anos

Obama encontra familiares de vítimas do ataque em San Bernardino

SAN BERNARDINO, Estados Unidos (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reuniu na sexta-feira com familiares da maioria das vítimas do massacre a tiros de San Bernardino, na Califórnia, por quase três horas, e destacou a ênfase das famílias na tolerância após o ataque de 2 de dezembro.

“Por mais difícil que este momento seja para eles e para toda a comunidade, eles também representam a força e a unidade e o amor que existe na comunidade e neste país”, disse Obama a jornalistas após o encontro.

Quatorze pessoas morreram no ataque de San Bernardino, em que os muçulmanos radicalizados Syed Rizwan Farook e sua esposa, Tashfeen Malik, abriram fogo contra colegas de trabalho de Farook em uma festa.

Obama e a esposa, Michelle, passaram quase três horas oferecendo suas condolências aos familiares das vítimas e aos socorristas na biblioteca da Indian Spring High School, disse a Casa Branca.

Os Obamas fizeram a visita no caminho para o Havaí, onde vão passar as férias.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below