23 de Dezembro de 2015 / às 17:07 / em 2 anos

Cunha apresentará embargos a decisão do STF sobre impeachment em 1º de fevereiro

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quarta-feira que apresentará no dia 1º de fevereiro embargos declaratórios à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que definiu o rito de um processo de impeachment, antes mesmo da publicação do acórdão do julgamento pela corte.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, deixa sua residência em Brasília. 15 de dezembro de 2015. REUTERS/Ueslei Marcelino

Após se reunir com o presidente do Supremo, ministro Ricardo Lewandowski, a quem pediu celeridade na publicação do acórdão e na análise dos embargos, Cunha disse a jornalistas que ainda há muitas dúvidas entre os deputados sobre os trâmites definidos pela corte.

Ele disse que esperará os esclarecimentos do Supremo para só então dar andamento ao impeachment na Câmara.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below