December 26, 2015 / 11:36 AM / in 3 years

Acordo para retirar combatentes do Estado Islâmico perto de Damasco é suspenso, diz TV

BEIRUTE (Reuters) - Um acordo patrocinado pela ONU para dar salvo-conduto a mais de 2 mil combatentes do Estado Islâmico e outros insurgentes localizados nos subúrbios ao sul de Damasco foi suspenso, noticiou no sábado a estação libanesa de TV do Hezbollah.

A TV disse que o acordo caiu por terra depois que um importante líder rebelde, Zahran Alloush, foi morto em um ataque aéreo no sexta-feira. O comboio levando os combatentes seguiria para Raqqa, que na prática funciona como capital do Estado Islâmico, no norte da Síria.

Reportagem de Suleiman Al-Khalidi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below