26 de Dezembro de 2015 / às 12:01 / 2 anos atrás

Japão diz que navio armado chinês entrou em águas japonesas

TÓQUIO (Reuters) - Um navio da guarda costeira chinesa com o que pareciam ser torres blindadas de artilharia entrou em águas territoriais reivindicadas pelo Japão no leste do Mar da China, disse a guarda costeira japonesa no sábado, acrescentando que esta foi a primeira vez que ocorreu a incursão de um navio chinês armado na área em disputa.

O navio foi um dos três que surgiram próximo das águas das disputadas ilhas Senkaku, conhecidas na China como Diaoyus, pouco depois das 9h30, no horário local, e deixou as águas reivindicadas pelo Japão cerca de 70 minutos depois, disse um porta-voz da guarda costeira japonesa.

O navio foi visto pela primeira vez na área na tarde de terça-feira e estava navegando a 29 quilômetros da região disputada na quarta-feira, segundo a guarda costeira japonesa.

Àquela altura, a China dizia que seus navios estavam carregando apenas equipamentos padrão e não faziam nada de errado em águas chinesas.

A disputa sobre as ilhas controladas pelo Japão tem sido um ponto importante de atrito na frequentemente tensa relação entre os dois países.

Reportagem de Ayai Tomisawa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below