30 de Dezembro de 2015 / às 09:12 / em 2 anos

Ataque a tiros em fortaleza histórica russa deixa 1 morto e 11 feridos, diz mídia

MOSCOU (Reuters) - Um atirador abriu fogo contra um grupo de turistas em uma fortaleza histórica no Daguestão, no sul da Rússia, na noite de terça-feira, matando uma pessoa e ferindo 11, disse um funcionário do Ministério da Saúde da região nesta quarta-feira.

“Como resultado de um ataque a tiros 12 pessoas ficaram feridas, uma destas morreu”, disse o funcionário, segundo a agência de notícias RIA Novosti. Os feridos, quatro destes em condições sérias, estavam recebendo tratamento médico.

A agência de notícias Interfax relatou que os turistas eram moradores locais que estavam visitando uma plataforma na fortaleza em Derbent quando um atirador não identificado abriu fogo. Entre os visitantes estavam dois guardas de fronteira, um dos quais foi morto no ataque, segundo a agência.

Uma busca ao agressor está sendo realizada. A polícia local se negou a comentar à Reuters.

Ataques a tiros e bombas são comuns no Daguestão, república interna de maioria muçulmana na problemática região russa do Cáucaso Norte, onde Moscou enfrenta insurgentes islâmicos há anos. No entanto, ataques contra turistas na região são pouco comuns.

Reportagem de Polina Devitt e Jason Bush

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below