1 de Janeiro de 2016 / às 12:16 / em 2 anos

Papa pede por combate a rio de miséria no mundo em sua mensagem de Ano Novo

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco pediu, em sua primeira mensagem do Ano Novo, nesta sexta-feira, pelo combate ao rio de miséria, injustiça e violência no mundo e que todos superem a indiferença sobre os muitos que estão sofrendo.

A segurança foi reforçada no Vaticano.

A polícia verificou os pertences de pessoas a quarteirões de distância da Praça de São Pedro e cerca de 10 mil pessoas foram revistadas no estilo como acontece em aeroportos para entrar na Basílica de São Pedro e ouvir Francisco celebrar a missa.

“Nos perguntamos quanto tempo a maldade humana vai continuar a semear a violência e o ódio em nosso mundo, colhendo vítimas inocentes... nós estamos testemunhando hordas de homens, mulheres e crianças que fogem da guerra, da fome e da perseguição, prontas para arriscar suas vidas, simplesmente para encontrar respeito dos seus direitos fundamentais”, disse o papa.

O papa pediu que todos superem o que chamou de “um rio de miséria” por meio da “construção de um mundo mais justo e fraterno, um mundo em que cada pessoa e cada criatura possa habitar em paz, na harmonia da criação original de Deus”.

O religioso argentino de 79 anos de idade parecia e soava bem, apesar de ter feito muitas aparições públicas durante a temporada de Natal e Ano Novo.

Por Philip Pullella

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below