3 de Janeiro de 2016 / às 12:05 / em 2 anos

Ataque em base militar no Iraque mata pelo menos 15

BAGDÁ (Reuters) - Ataques realizados neste domingo por cinco homens-bomba em uma base militar iraquiana ao norte de Bagdá mataram pelo menos 15 membros das forças de segurança e feriu outras 22 pessoas, de acordo com a segurança do local.

Dois dos suicidas detonaram seus explosivos, que estavam em veículos estacionados na entrada oeste do Camp Speicher, uma antiga base dos EUA além dos limites da cidade sunita de Tikrit.

Os outros três se explodiram após entrarem na seção de treinamento da polícia iraquiana, de acordo com fontes policiais e militares do comando de operações Salahuddin.

O Estado Islâmico, grupo militante que controla faixas de norte e oeste do Iraque, assumiu a responsabilidade dos ataques em um comunicado distribuído online por seus colaboradores.

O comunicado diz que o alvo eram os “formadores do exército de rejeição”, termo usado pelos insurgentes sunitas para descrever os muçulmanos xiitas.

Por Stephen Kalin e Maher Chmaytelli em Bagdá, e Motsafa Hashem no Cairo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below