5 de Janeiro de 2016 / às 09:54 / em 2 anos

Irã diz que Arábia Saudita não pode esconder "crime" com corte de laços

DUBAI (Reuters) - O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse nesta terça-feira que a Arábia Saudita não pode esconder “seu crime” de executar o clérigo muçulmano xiita Nimr al-Nimr ao cortar os laços diplomáticos com Teerã.

Presidente do Irã, Hassan Rouhani, em Teerã. 21/12/2015 REUTERS/Raheb Homavandi/TIMA

“A Arábia Saudita não pode esconder seu crime de decapitar um líder religioso ao cortar as relações políticas com o Irã”, disse Rouhani, segundo a agência estatal de notícias Irna, em um encontro com o chanceler dinamarquês em Teerã.

Reportagem de Bozorgmehr Sharafedin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below