1 de Novembro de 2016 / às 10:52 / um ano atrás

Estado Islâmico mata 40 perto de Mosul e tenta usar 25.000 como escudos, diz ONU

Displaced Iraqi families are pictured after escaping from Islamic State controlled village of Abu Jarboa during clashes with IS militants near Mosul, Iraq November 1, 2016. REUTERS/Ahmed Jadallah

GENEBRA (Reuters) - Militantes do Estado Islâmico mataram 40 ex-membros das forças de segurança do Iraque perto de Mosul no sábado e jogaram seus corpos no rio Tigre, disse a porta-voz de direitos humanos da ONU Ravina Shamdasani nesta terça-feira, citando relatos do terreno.

O Estado Islâmico também tentou transportar cerca de 25.000 civis de Hammam al-Alil, uma cidade ao sul de Mosul, em caminhões e ônibus durante as primeiras horas desta segunda-feira, provavelmente para o uso como escudos humanos em defesa de posições do grupo militante, disse.

Reportagem de Tom Miles

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below