1 de Novembro de 2016 / às 12:07 / um ano atrás

Objetos sagrados e cachorro são retirados dos escombros de terremoto na Itália

Crucifixo em meio a destroços da igreja San Salvatore no vilarejo de Campi, perto de Nórcia, na Itália. 31/10/2016 REUTERS/Remo Casilli

ROMA (Reuters) - Bombeiros retiraram um cachorro vivo dos escombros do terremoto mais forte em décadas na Itália e recuperaram estátuas e pinturas religiosas de igrejas que desmoronaram no tremor de domingo.

Vídeos divulgados no final da segunda-feira mostraram agentes de resgate, guiados por seu próprio cão farejador, revirando os destroços para libertar um cachorro que emergiu coberto de poeira e parecendo confuso, mas ileso.

Uma estátua de uma figura religiosa foi embrulhada em um invólucro de proteção e levada para a rua na cidade medieval de Nórcia, próxima do epicentro do terremoto, que teve magnitude 6,6, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Não surgiram relatos de mortes ou ferimentos graves após o sismo, o mais intenso a atingir o país desde outro de magnitude 6,9 perto de Nápoles em 1980, que matou 2.735 pessoas.

Muitas pessoas haviam deixado as áreas afetadas depois de um terremoto menor em agosto que matou quase 300 pessoas, e a maioria dos lares de Nórcia pareceu ter resistido ao novo tremor, levando os moradores a elogiarem os anos de investimento em proteção contra terremotos.

Os muros da cidade de Nórcia foram danificados e suas igrejas foram muito afetadas, incluindo a basílica de São Bento, do século 13, que desmoronou, deixando só a fachada de pé.

Por Isla Binnie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below