November 5, 2016 / 1:02 PM / a year ago

Dezenas de milhares protestam na Coreia do Sul pedindo que a presidente renuncie

SEUL (Reuters) - Dezenas de milhares de pessoas protestaram na Coreia do Sul neste sábado, na região central de Seul, em uma das maiores manifestações na capital do país em anos, pedindo que a presidente Park Geun-hye renuncie ao cargo por conta de um escândalo de tráfico de influência.

Cerca de 43 mil pessoas foram à marcha cheia de velas mais cedo neste sábado, de acordo com a polícia. Organizadores disseram que uma multidão crescente de 100 mil se reuniram, fazendo do protesto um dos maiores desde as demonstrações em 2008 contra a importação de carne norte-americana.

Park Geun-hye tem sido afetada por um escândalo envolvendo uma antiga amiga que alegadamente usou sua proximidade com a presidente para intrometer-se em assuntos de Estado. Park se comprometeu a cooperar com os promotores em uma investigação.

Os coreanos têm se revoltado com as revelações e dizem que Park, a última líder sul-coreana a ser enredada em um escândalo envolvendo familiares ou amigos, traiu a confiança do público e administrou mal seu governo.

Reportagem de James Pearson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below