25 de Novembro de 2016 / às 09:57 / um ano atrás

Erdogan alerta que Turquia pode abrir portas para saída de imigrantes caso não entre na UE

ISTAMBUL (Reuters) - O presidente turco, Tayyip Erdogan, alertou nesta sexta-feira que a Turquia pode abrir seus portões para a saída de imigrantes em direção à Europa caso seja pressionada pela União Europeia, um dia após parlamentares europeus votarem por uma pausa temporária nas conversas sobre a entrada de Ancara na União Europeia.

Presidente turco, Tayyip Erdogan, durante evento em Ancara. 22/11/2016 Murat Cetinmuhurdar/Presidential Palace/Handout via REUTERS

“Se vocês forem mais longe, estes portões fronteiriços serão abertos. Nem eu, nem meu povo, seremos afetados por estas ameaças secas. Não importa se todos vocês aprovem o voto (do Parlamento Europeu)”, disse Erdogan durante congresso em Istambul sobre justiça feminina, em comentários transmitidos ao vivo.

Erdogan também disse que uma controversa proposta do partido governista que permite que homens acusados de abuso sexual evitem sentença não foi preparada cuidadosamente e acredita que a questão será levada de volta ao Parlamento com um consenso mais amplo.

A proposta permitiria que sentenças fossem adiadas indefinidamente em casos de abuso sexual cometidos “sem força, ameaça ou decepção” antes de 16 de novembro de 2016, caso o autor casasse com a vítima.

Reportagem de Daren Butler

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below