26 de Novembro de 2016 / às 12:37 / um ano atrás

Fotógrafo britânico David Hamilton morre em Paris, diz fonte policial

PARIS (Reuters) - O fotógrafo de arte britânico David Hamilton morreu em Paris na sexta-feira, aos 83 anos, após cometer suicídio, disse uma fonte da polícia à Reuters.

Hamilton, que nasceu em Londres, mas viveu a maior parte de sua vida na Fraça, foi encontrado desacordado em seu apartamento em Paris por um vizinho, que alertou os serviços de emergência, disse a estação francesa de rádio Europe 1.

O fotógrafo, cujo trabalho apareceu em revistas de moda de alta qualidade, era conhecido por suas imagens controversas de jovens modelos nuas ou com roupas de baixo. No momento de sua morte, ele estava envolvido em acusões de agressão sexual pela apresentadora da televisão e rádio francesa Flavie Flament.

Flament acusou Hamilton de estuprá-la quando ela trabalhou com ele como modelo aos 13 anos, em 1987. Ela não o mencionou pelo nome em seu livro “The Consolation”, mas há poucos dias, em uma entrevista a um jornal francês, ela disse que Hamilton a atacou.

A foto da capa do livro foi uma imagem tirada por Hamilton. Ele negou as alegações.

A polícia iniciou uma investigação para apurar as causas da morte.

Emmanuel Jarry

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below