9 de Dezembro de 2016 / às 12:09 / em 10 meses

Polícia britânica diz que escândalo de abuso sexual infantil pode envolver 98 times de futebol

Ex-jogador Andy Woodward, que disse ter sido abusado pelo técnico de um time juvenil, durante evento em Manchester. 05/12/2016 REUTERS/Phil Noble

LONDRES (Reuters) - Policiais do Reino Unido que investigam alegações de abuso sexual infantil generalizado em times de futebol do país desde os anos 1970 disseram nesta sexta-feira que identificaram 83 suspeitos em potencial e possíveis laços com 98 clubes, inclusive alguns da primeira divisão do Campeonato Inglês.

Forças policiais de todo o país abriram inquéritos depois que o ex-jogador Andy Woodward revelou ter sido abusado pelo técnico de um time juvenil, levando outros ex-profissionais a denunciarem outras alegações.

O Conselho Nacional de Chefes de Polícia (NPCC, na sigla em inglês) disse que 639 relatos foram encaminhados a policiais por meio de um número de telefone criado pela instituição de caridade Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade contra as Crianças, envolvendo cerca de 350 possíveis vítimas.

“As alegações recebidas pelas forças policiais de todo o país estão sendo tratadas com rapidez”, disse o chefe de polícia Simon Bailey, encarregado de proteção infantil do NPCC.

“Também estamos trabalhando de perto com a Associação de Futebol para fazer com que toda a informação relevante que eles tenham seja compartilhada para dar subsídio às investigações em andamento”.

Os relatos angustiantes de abusos sofridos por ex-jogadores, alguns dos quais romperam em lágrimas em entrevistas à televisão, chocaram o Reino Unido. Eles despertaram questionamentos sobre a escala do problema, quanto os clubes e dirigentes de futebol sabiam, e se tentaram ou não acobertá-lo.

A Associação de Futebol da Inglaterra iniciou uma análise interna do que admitiu que pode ser uma das maiores crises do esporte, e prometeu publicar tudo que descobrir.

O NPCC disse que nem todos os 98 clubes cujos nomes foram mencionados à polícia estão sob investigação. “A cifra abarca todas as divisões do futebol, da primeira divisão a times amadores”, informou a entidade em um comunicado, acrescentando que 98 por cento das vítimas são homens que tinham entre 7 e 20 anos à época dos abusos.

As revelações dos abusos no futebol são as mais recentes de uma série de escândalos de pedofilia a abalarem o país em anos recentes. As vítimas disseram que a extensão dos abusos provavelmente é maior do que no caso do apresentador de televisão Jimmy Savile, da rede BBC, que abusou de centenas de jovens ao longo de seis décadas até sua morte em 2011.

Por Michael Holden

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below