10 de Dezembro de 2016 / às 13:08 / um ano atrás

Nadadora chinesa Chen é banida por dois anos após doping na Rio 2016

PEQUIM (Reuters) - A nadadora chinesa Chen Xinyi foi banida por dois anos após falhar em um exame de doping nos Jogos Rio 2016, informou a Federação Internacional de Natação (Fina).

Chen terminou em quarto lugar na prova feminina dos 100 metros borboleta no Rio, mas não começou as baterias dos 50 metros livres após a mídia estatal chinesa relatar que ela havia testado positivo para o diurético hidroclorotiazida.

Hidroclorotiazida, conhecido por ser um agente de disfarce, é uma substância banida porque pode ser usada para estimular perda de peso e encobrir a presença de outras drogas ilegais ao diluir a urina coletava em testes de doping.

“O Painel Antidoping da Fina reconheceu a decisão do Painel do Tribunal Arbitral do Esporte em relação à desclassificação do resultado da atleta nos Jogos Olímpicos Rio 2016”, disse a Fina em um comunicado.

A suspensão de Chen segue a divulgação de sexta-feira da segunda parte de um relatório da Agência Mundial Antidoping (Wada) sobre uso de doping patrocinado pelo Estado na Rússia.

O relatório descobriu que mais de mil competidores russos, de dezenas de esportes, estavam envolvidos em uma conspiração institucional para encobrir testes positivos de doping datados em até 2011.

Por Ian Ransom

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below