for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Conselho de Segurança da ONU endossa cessar-fogo na Síria mediado por Rússia e Turquia

WASHINGTON (Reuters) - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas adotou neste sábado uma resolução que endossa o cessar-fogo na guerra civil da Síria mediado por Rússia e Turquia.

A Rússia, que apoia o presidente sírio, Bashar al-Assad, e a Turquia, aliada dos rebeldes armados que lutam contra as forças do governo, anunciaram esta semana o terceiro cessar-fogo do ano em busca de terminar o conflito de quase seis anos na Síria.

A resolução também saudou os planos para conversações a serem realizadas em Astana, no Cazaquistão, entre o governo sírio e a oposição, antes da retomada de conversas mediadas pela própria ONU em Genebra, em fevereiro.

Em declarações após a votação no Conselho de Segurança, diversos delegados disseram que o órgão saudou o cessar-fogo, mas disseram que o acordo contém áreas cinzentas e que sua implementação é frágil.

Reportagem de Yeganeh Torbati

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up