16 de Janeiro de 2017 / às 16:47 / em 9 meses

Bottas substitui Rosberg na Mercedes e Massa volta à Williams

LONDRES (Reuters) - O finlandês Valtteri Bottas substituirá o atual campeão da Fórmula 1, Nico Rosberg, que se aposentou, na Mercedes e o veterano brasileiro Felipe Massa deixará a aposentadoria iniciada no fim do ano passado para retornar à Williams na vaga que era de Bottas.

Felipe Massa no circuito de Interlagos, em São Paulo. 13/11/2016 REUTERS/Paulo Whitaker

Em aparição na fábrica da Mercedes ao lado do chefe da equipe, Toto Wolff, Bottas prometeu pressionar o tricampeão mundial Lewis Hamilton, seu novo companheiro de equipe, o máximo que puder.

“Tenho certeza que vamos estar próximos, os dois pressionando um ao outro para frente”, disse o piloto de 27 anos, que ainda não venceu uma corrida em seus quatro anos na Williams, mas chegou ao pódio nove vezes.

Wolff, que ajudou a guiar o início da carreira de Bottas e também tem relações próximas com a Williams, que usa motores Mercedes, como ex-acionista, disse que Bottas se encaixará bem na equipe.

“Ele é muito rápido como piloto, e eles mostra os nossos valores”, disse o austríaco, que teve um período de férias de inverno surpreendentemente cheio após o anúncio da aposentadoria de Rosberg há 45 dias, menos de uma semana depois de conquistar seu primeiro título mundial.

“Ele é modesto, humilde e trabalha duro.”

Mais cedo, a Williams anunciou que Massa, que deixou a categoria no final da temporada passada aos 35 anos, concordou em assinar um contrato de um ano para rapidamente colocar fim à sua aposentadoria.

A Mercedes dominou a Fórmula 1 nas últimas três temporadas, vencendo tanto o campeonato de piloto como o de construtores, e vai iniciar a temporada deste ano como favorita mais uma vez, apesar de mudanças aerodinâmicas.

Embora Hamilton, de 32 anos, deva esperar ser o primeiro piloto da equipe, com muitos apostando em um quarto título mundial do britânico, Bottas pode ser um concorrente genuíno.

“Agora é hora do próximo nível, para ver como ele consegue dar o próximo passo e disputar vitórias em corrida e o título”, disse Wolff.

“Sabemos que já estamos atrás da curva em termos de preparação para a nova temporada, então teremos um programa cheio para integrá-lo à equipe. Uma coisa é certa: como eu conheço Valtteri, ele dará tudo.”

Massa, que venceu corridas quando pilotava para a Ferrari e foi vice-campeão mundial em 2008, será companheiro do novato canadense Lance Stroll, de 18 anos, na Williams.

“Sempre tive a intenção de correr em algum lugar em 2017, mas a Williams é uma equipe que está no meu coração e tenho respeito por tudo o que estão tentando conquistar”, disse o brasileiro, que fez uma despedida emocionada da categoria no GP Brasil em novembro.

“Certamente não perdi nada do meu entusiasmo pelas corridas e estou extremamente motivado para pilotar o FW40.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below