8 de Fevereiro de 2017 / às 22:12 / 8 meses atrás

TRE do Rio de Janeiro cassa mandatos do governador Pezão e de vice Dornelles

Pezão deixa Palácio do Planalto após reunião em Brasília. 28/1/2015. REUTERS/Ueslei Marcelino

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro cassou nesta quarta-feira os mandatos do governador do Estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do vice-governador, Francisco Dornelles (PP), informou a assessoria de imprensa da corte.

A decisão, que só entra em vigor quando forem esgotadas todas as possibilidades de recursos, se deu em uma ação que acusa a campanha de Pezão de abuso de poder político e econômico na disputa eleitoral de 2014. Até se esgotarem os recursos, Pezão e Dornelles permanecem nos cargos.

Caso for determinada a cassação de ambos, a decisão do TRE fluminense determina a realização de eleições diretas no Estado e a inegibilidade dos dois por oito anos.

“A corte determinou ainda que sejam realizadas eleições diretas para a escolha dos representantes do Poder Executivo estadual. A decisão, no entanto, somente produz efeito após o trânsito em julgado, ou seja, quando não cabe mais recurso, de acordo com o artigo 257, parágrafo 2º, do Código Eleitoral”, informou o TRE em nota oficial.

A assessoria de imprensa do governador informou que ele recorrerá da decisão junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o tribunal, houve o abuso de poder econômico e político porque o governo do Estado do Rio de Janeiro concedeu benefícios financeiros a empresas como contrapartida a posteriores doações para a campanha do então candidato Pezão e de seu vice.

“Restou comprovado que contratos administrativos milionários foram celebrados em troca de doação de campanha”, afirmou um dos membros da corte, desembargador eleitoral Marco Couto, em seu voto.

A decisão da Justiça Eleitoral fluminense para cassar o mandato do governador acontece em meio à maior crise financeira da história do Estado, com atrasos nos pagamentos de salários de servidores. Vem também em um momento em que o governo Pezão busca aprovar na Assembleia Legislativa um pacote de medidas para reequilibrar as finanças e como parte de um acordo com o governo federal para obter ajuda na recuperação fiscal do Rio de Janeiro.

Com reportagem adicional de Eduardo Simões, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below