14 de Fevereiro de 2017 / às 14:55 / em 8 meses

Medidas microeconômicas do governo Temer podem movimentar 0,8% do PIB, diz ministro do Planejamento

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta terça-feira que o conjunto de medidas microeconômicas já anunciadas pelo governo pode movimentar 0,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano.

Ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, conversa com presidente Michel Temer durante evento em Brasília. 22/11/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino

O patamar engloba a injeção potencial de 0,5 por cento do PIB na economia com o saque de recursos inativos do FGTS, cujo calendário para retiradas foi divulgado nesta terça-feira pelo governo federal. Com a iniciativa, Oliveira estimou que deverá haver redução mais rápida no endividamento das famílias, ajudando na retomada do crescimento econômico.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below