10 de Março de 2017 / às 16:40 / em 9 meses

Em depoimento como testemunha, Meirelles diz que nunca viu ilícitos em interações com Lula

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, prestou depoimento nesta sexta-feira como testemunha de defesa do ex-presidente Lula, que é acusado de ter recebido vantagens ilícitas da empreiteira OAS na forma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, e no pagamento de despesas referentes ao armazenamento de bens.

O ministro da Fazenda do Brasil, Henrique Meirelles, durante entrevista com a Reuters em Brasília, no Brasil 21/02/2017 REUTERS/Adriano Machado

“A minha relação com o presidente Lula era totalmente focada em assuntos relativos ao Banco Central e à política econômica, e nesta interação eu nunca vi ou presenciei nada que pudesse ser identificado como algo ilícito ou ilegal”, disse em videoconferência divulgada pela Justiça Federal.

O processo está sob responsabilidade do juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba.

Meirelles foi presidente do BC entre 2003 e 2010, permanecendo à frente da autoridade monetária nos dois mandatos de Lula como presidente da República.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below