12 de Março de 2017 / às 16:42 / 7 meses atrás

Primeiro-ministro da Holanda diz que presidente turco deve parar com provocações e se desculpar por comentários

SCHEVENINGEN, Holanda (Reuters) - O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, disse neste domingo que as “observações inflamadas” do presidente turco Tayyip Erdogan, que comparou os holandeses aos nazistas, não ajudarão a diminuir a briga diplomática entre os dois países.

Rutte disse que embora a Holanda não queira mais confrontos com Ancara, teria que considerar mais opções se a Turquia não parar de fazer tais comentários.

”Trabalhar juntos para reduzir o conflito é o interesse atual das lideranças, mas é claro que os turcos precisam ajudar e o que eles disseram hoje não está ajudando”, disse Rutte aos jornalistas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below