15 de Março de 2017 / às 18:31 / 7 meses atrás

Lista de Janot não interfere nos trabalhos do Senado, diz Eunício

BRASÍLIA (Reuters) - O Senado continuará seus trabalhos, afirmou nesta quarta-feira o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a despeito da apresentação na véspera, pela Procuradoria-Geral da República, de dezenas de pedidos de abertura de inquérito ao STF contra políticos decorrentes de delações premiadas da Odebrecht.

Segundo ele, os parlamentares saberão “separar” uma coisa da outra e manterão seu compromisso com a recuperação do país.

“Nós temos um compromisso com o Brasil, nós temos um compromisso com as reformas, compromisso em gerar emprego e renda”, disse Eunício a jornalistas ao chegar ao Senado.

“A Justiça vai cuidar da Justiça e a Casa vai cuidar daquilo que nós precisamos fazer que são as reformas, revogar leis arcaicas, aprovar leis novas que forem necessárias.”

O presidente do Senado, um dos alvos dos pedidos da procuradoria segundo reportagens, disse confiar na Justiça e afirmou que figurar na lista vazada não é uma “sentença”.

Reportagem de Maria Carolina Marcello; Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below