21 de Março de 2017 / às 10:06 / 7 meses atrás

Coreia do Sul suspende proibição temporária às vendas de frango da BRF

Galinhas são fotografadas em uma fábrica de aves na cidade de Lapa, Paraná 31/05/2016 REUTERS/Rodolfo Buhrer

SEUL (Reuters) - A Coreia do Sul vai suspender uma proibição temporária às vendas de carne de frango da BRF depois que o Brasil afirmou que os embarques para o país não continham produtos alterados.

Um escândalo sobre carne contaminada levou alguns países a barrar as importações de carne brasileira.

O Ministério de Agricultura sul-coreano afirmou em comunicado nesta terça-feira que o governo brasileiro notificou o país na véspera de que carne alterada de cerca de 20 unidades processadoras não havia sido exportada para a Coreia do Sul, embora tenha ido para outros países como União Europeia e Hong Kong.

A decisão acontece um dia depois de o ministério ter adotado uma proibição temporária às vendas de produtos de carne de frango da BRF.

Embora a proibição às vendas tenha sido levantada na Coreia do Sul, o ministério afirmou que manterá fortes inspeções do frango brasileiro importado.

No ano passado, mais de 80 por cento das 107.400 toneladas do frango importado pela Coreia do Sul veio do Brasil, de acordo com dados do ministério. A Coreia do Sul não importa carne bovina brasileira.

Reportagem de Jane Chung

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below