21 de Março de 2017 / às 17:51 / em 9 meses

Brasil fica estagnado em 79º em ranking de desenvolvimento humano da ONU

(Reuters) - O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil ficou estagnado em 2015 no valor de 0,754 e o país se manteve em 79º lugar no ranking anual do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) apresentado nesta terça-feira, na primeira vez que a nação não avançou no indicador desde 2010.

A posição brasileira entre 188 países coloca o país como o quinto de maior IDH na América do Sul, atrás de Chile, Argentina, Uruguai e Venezuela, de acordo com a agência da Organização das Nações Unidas (ONU).

Todos os indicadores brasileiros são piores que os de Argentina, Chile e Uruguai, enquanto em relação à Venezuela, o Brasil apresenta melhores números para esperança de vida ao nascer e anos esperados de estudo, mas fica atrás em renda nacional bruta per capita e média de anos de estudo.

O Relatório de Desenvolvimento Humano de 2016 apontou ainda que no período de 1990 a 2015 os brasileiros ganharam 9,4 anos de expectativa de vida e viram a renda aumentar 31,6 por cento, enquanto, na educação, a expectativa de anos de estudo para uma criança que entra no ensino em idade escolar aumentou três anos e a média de anos de estudos de adultos com 25 anos ou mais subiu quatro anos.

A expectativa de vida ao nascer no país em 1990 era de 65,3 anos, e em 2015 chegou a 74,7, de acordo com o relatório.

Mas essa foi a primeira vez desde 2010 que o Brasil não subiu no ranking, depois de ter avançado sete posições na lista nesse período, com a nota passando de 0,724 para 0,754.

O resultado foi recebido pelo governo como uma ilustração da “severidade da crise da qual apenas agora o país vai saindo”.

“Medidas como o controle das contas públicas, garantia dos gastos em saúde e educação, garantia do acesso à água por meio da conclusão do Projeto São Francisco, retomada do crescimento e do emprego se combinam para recolocar o país nos trilhos e criar uma realidade que logo será refletida nos indicadores internacionais”, disse a Secretaria de Comunicação Social da Presidência em nota.

O ranking do IDH do Pnud é liderado pela Noruega, com pontuação 0,949, à frente de Austrália, Suíça, Alemanha e Dinamarca.

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below