26 de Março de 2017 / às 15:21 / em 7 meses

Tiroteio em boate de Ohio deixa um morto e 14 feridos; polícia procura atirador

CINCINNATI (Reuters) - Tiroteio explodiu dentro de uma boate lotada em Cincinnati, Ohio, no início da manhã de domingo, matando uma pessoa e ferindo outros 14, e pelo menos um atirador está foragido, disseram as autoridades.

O motivo por trás do tiroteio não estava claro, mas o chefe de polícia assistente de Cincinnati, Paul Neudigate, disse no Twitter que “não há indícios de que este incidente esteja relacionado ao terrorismo”.

“Acredita-se que o conflito teria começado entre grupos específicos ou indivíduos no início da madrugada, escalou e, finalmente, levando a esta tragédia que ocorreu na boate”, disse o administrador municipal Harry Black em um comunicado.

O tiroteio ocorreu por volta das 03h (horário de Brasília), enquanto centenas de pessoas faziam festa no interior clube noturno Cameo, que Black disse que tem uma história de violência armada, incluindo dois tiroteios no estacionamento em 2015.

“Neste ponto, não está claro exatamente o que provocou o tiroteio”, disse o capitão Kimberly Williams em uma entrevista televisiva. “Só um monte de caos quando começaram os tiros.”

O tiroteio ocorreu menos de um ano depois que um atirador abriu fogo em uma boate gay em Orlando, na Flórida, matando 49 pessoas. Foi o maior tiroteio em massa na história dos EUA.

Horas após o tiroteio, o suspeito ainda estava em liberdade, e a polícia não tinha uma boa descrição, em parte porque as testemunhas estavam relutantes em cooperar, disse Williams.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below