23 de Abril de 2017 / às 16:24 / em 8 meses

CEO da LafargeHolcim deve renunciar por investigação sobre atividades da empresa na Síria

ZURIQUE (Reuters) - A LafargeHolcim está perto de anunciar que seu CEO, Eric Olsen, deve renunciar depois de uma investigação interna sobre as atividades de uma antiga fábrica de cimento da empresa na Síria, disse neste domingo uma fonte próxima ao assunto.

A fonte disse que haveria uma mudança de liderança na empresa de cimento, segundo relatos do Financial Times e do jornal francês Le Figaro, o que faria com que Olsen renunciasse.

A LafargeHolcim se recusou a comentar o assunto.

A fabricante de cimento disse em março que uma de suas fábricas de cimento provavelmente pagou dinheiro a grupos armados na Síria para conseguir proteção e manter a fábrica em funcionamento.

A divulgação resultou de uma investigação interna e destacou os dilemas enfrentados pelas empresas quando trabalham em zonas de conflito. A LafargeHolcim deverá anunciar brevemente os resultados de sua investigação interna.

Olsen foi anteriormente executivo do grupo industrial francês Lafarge, que completou a sua fusão com o grupo suíço Holcim em 2015.

Por Brenna Hughes Neghaiwi, Oliver Hirt e John Revill

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below