27 de Maio de 2017 / às 21:13 / em 7 meses

Arsenal salva temporada com título da Copa da Inglaterra ao derrotar Chelsea

LONDRES (Reuters) - O Arsenal espantou os males de uma temporada nada boa e conquistou neste sábado a Copa da Inglaterra, após vencer o Chelsea por 2 a 1 no estádio de Wembley.

    O Chelsea era favorito e seria o fim perfeito da primeira temporada do técnico Antonio Conte à frente do time, mas a equipe não jogou bem e o Arsenal, que foi apenas o quinto colocado no Campeonato Inglês, levantou a taça pela terceira vez em quatro anos.

    Agora, o clube de Londres tem 13 títulos do torneio. Arsène Wenger, que ainda não decidiu se estende sua permanência de 21 anos como técnico da equipe, tornou-se o treinador mais vitorioso da história da competição, com sete títulos.

    O Chelsea começou mal e ficou atrás no placar logo aos 4 minutos de jogo, em gol polêmico do chileno Alexis Sánchez, mas o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa empatou aos 31 minutos do segundo tempo.

    O Chelsea teve que atuar por 20 minutos com dez jogadores, depois da expulsão de Victor Moses, por simulação.

    O gol da vitória foi marcado pelo galês Aaron Ramsey, de cabeça, aos 34 minutos da etapa final.

    Wenger, que pela primeira vez desde que assumiu o time, em 1996, viu o clube não terminar entre os quatro melhores no Campeonato Inglês, comemorou com os jogadores em frente à torcida no fim do jogo.

    “Tivemos uma grande performance dos jogadores desde o primeiro minuto”, afirmou o técnico de 67 anos.

    “Este time sofreu. Eles se uniram e responderam. Eu disse na semana passada que esta equipe disputaria títulos com uma ou duas boas contratações. Eles mostraram força e unidade e jogaram um futebol espetacular hoje”, acrescentou.

    Mas a polêmica sobre o primeiro gol do Arsenal ainda vai durar muito. Após uma primeira tentativa de jogar a bola para a área ter sido bloqueada, Alexis Sánchez aparentemente usou as mãos antes de avançar e bater o goleiro Thibaut Courtois, apesar de Ramsey, impedido, ter corrido na direção da bola.

    O gol foi inicialmente invalidado, mas após consultar o assistente Gary Bewsick, que levantou sua bandeira, o árbitro Anthony Taylor validou a jogada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below