12 de Junho de 2017 / às 22:35 / em 6 meses

Fachin prorroga em cinco dias prazo para PF concluir inquérito contra Temer

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, decidiu prorrogar por mais cinco dias o prazo concedido anteriormente para que a Polícia Federal conclua o inquérito contra o presidente Michel Temer, investigado pelos crimes de obstrução de Justiça, organização criminosa e corrupção passiva.

Ministro Edson Fachin, do STF, chega para sessão da corte em Brasília 31/05/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

A PF tinha até esta terça-feira para encerrar as investigações, mas a corporação pediu a ampliação do prazo e poderá, agora, concluir os trabalhos até o domingo, dia 18.

Os prazos são curtos porque neste mesmo inquérito há um réu preso, o ex-assessor presidencial e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi flagrado numa ação controlada carregando uma mala com 500 mil reais repassados por um delator da JBS.

Reportagem de Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below