15 de Junho de 2017 / às 16:22 / 6 meses atrás

Ao menos 19 pessoas morrem em ataque de militantes islâmicos a hotel na Somália

(Reuters) - Ao menos 19 pessoas foram mortas por militantes islâmicos que atacaram um hotel movimentado e um restaurante adjacente em Mogadíscio, capital da Somália, com um carro-bomba e armas de fogo, informou um policial nesta quinta-feira.

Mais tarde, em um incidente separado, no mínimo dois soldados morreram quando uma bomba de beira de estrada, plantada pelo grupo militante islâmico Al Shabaab, atingiu um carro que transportava tropas do governo em Shabelle Central, nos arredores da capital, disseram os militares.

No ataque da noite de quarta-feira, um carro dirigido por um homem-bomba invadiu o Posh Hotel, no sul de Mogadíscio, antes de homens armados entrarem no Pizza House, um restaurante adjacente, e fazerem 20 pessoas de reféns. O Posh Hotel é o único local da cidade que tem uma discoteca.

O chefe de polícia distrital, Abdi Bashir, disse à Reuters que à meia-noite as forças de segurança somalis retomaram o controle do restaurante, onde os atiradores mantiveram os reféns durante várias horas. Cinco dos agressores foram mortos, disse Bashir.

“Estamos no controle do hotel, mas ele foi destruído em grande parte pelo homem-bomba”, contou ele à Reuters por telefone.

Ahmed Mohamud Adow, porta-voz do Ministério do Interior, disse que entre os mortos há um cidadão sírio que trabalhava no restaurante. Ele não identificou a vítima.

Outros 27 civis foram hospitalizados com diversos ferimentos, disseram serviços de ambulância.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below