2 de Julho de 2017 / às 19:02 / em 4 meses

"Meu Malvado Favorito 3" domina os cinemas dos EUA, "Em Ritmo de Fuga" surpreende e "The House" naufraga

LOS ANGELES, Estados Unidos (Variety.com) - Os pequenos minions conseguiram de novo. O filme “Meu Malvado Favorito 3”, da Universal e da Illumination, caminha para uma vitória confortável na corrida das bilheterias deste agitado fim de semana nos Estados Unidos.

O mais recente filme da franquia arrecadou 75,4 milhões de dólares em 4.529 salas de cinema - maior alcance doméstico da história. Esse montante é menor do que as estimativas iniciais, que colocavam o filme como arrecadando mais de 80 milhões de dólares, mas ainda assim foi o suficiente para conquistar o melhor resultado das bilheterias do fim de semana.

O ator Steve Carell faz jornada dupla em “Meu Malvado Favorito 3”, dublando o protagonista Gru e também seu irmão gêmeo Dru. A história gira em torno dos irmãos, que se juntam para realizar um crime. O co-criador de “South Park” Trey Parker se junta à franquia para emprestar a voz a outro vilão.

Os críticos estão no geral a favor do filme, que tem 62 por cento de aprovação no site Rotten Tomatoes. O filme ganhou nota A- no CinemaScore, que é menor que o A obtido pelos dois primeiros filmes da série.

“Com esses personagens que atingiram uma espécie de ubiquidade em nossa cultura, esses filmes continuam gerando grande interesse do público”, disse Nick Carpou, chefe de distribuição nacional da Universal, que ainda afirmou: “Eu acho que temos o melhor grupo de marketing na indústria.”

Apesar de “Meu Malvador Favorito”, talvez as histórias mais interessantes da indústria cinematográfica residam em colocações menores da corrida pela bilheteria.

Começando com “Em Ritmo de Fuga”, dos estúdios TriStar Pictures, da Sony, MRC e Working Title. É o melhor filme de Edgar Wright em termos de sucesso de bilheteria, já que está arrecadou 30 milhões de dólares em 3.226 salas de exibição.

O filme gira em torno do personagem chamado Baby (Ansel Elgort), que se torna o motorista de fuga de um homem importante e poderoso chamado Doc (Kevin Spacey). A música desempenha um papel fundamental no filme uma vez que Baby sofreu uma experiência traumática quando criança e ficou com um zumbido crônico, que ele só supera com a música. O resto do elenco inclui Lily James, Jon Bernthal, Eiza Gonzalez, Jon Hamm e Jamie Foxx.

“Edgar e os nossos parceiros da MRC e do Working Title criaram um dos filmes mais originais e divertidos dos últimos tempos, e estamos emocionados em vê-lo ser tão bem recebido neste verão agitado e cheio de lançamentos”, disse o diretor de distribuição da Sony, Adrian Smith.

“Em Ritmo De Fuga”, assim como “Corra!” no início deste ano e “The Big Sick”, é o tipo de filme que deixa Hollywood animada com a chance de idéias originais também serem financeiramente viáveis. O filme de Wright ganhou reconhecimento quando levou o Audience Award e críticas positivas no SXSW Film Festival. O marketing do filme capitalizou sua estética colorida e a ênfase na música.

Por outro lado, “The House”, com Amy Poehler e Will Ferrell, está tendo problemas para atrair público. A comédia da New Line, da Warner Bros. e da Village Roadshow arrecadou apenas 9 milhões de dólares em bilheterias de 3.144 salas.

“The House” conta a história de um marido (Ferrell) e de uma esposa (Poehler) que iniciam um cassino subterrâneo para ajudar a arrecadar dinheiro para a faculdade da filha. Andrew Jay Cohen dirigiu o filme a partir de um roteiro que ele escreveu com Brendan O‘Brien - os dois já colaboraram na série “Vizinhos”.

No top 5 das bilheterias do fim de semana, o filme “Transformers: O Último Cavaleiro”, da Paramount, deve ficar com a terceira colocação e a arrecadação de 17 milhões de dólares em seu segundo fim de semana em cartaz. “Mulher Maravilha” segue sendo um filme de forte apelo para a Warner Bros., e está a caminho de levantar mais 15,6 milhões de dólares somente nos EUA durante o quinto fim de semana nas telas.

O filme da heroína já arrecadou mais de 700 milhões de dólares em todo o mundo e passou “Esquadrão Suicida” e “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” na bilheteria norte-americana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below