4 de Julho de 2017 / às 13:56 / 4 meses atrás

Coreia do Norte parece ter usado caminhão chinês em possível teste de míssil intercontinental

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte parece ter usado um caminhão chinês vendido originalmente para arrastar toras de madeira para transportar um míssil balístico que foi lançado com sucesso nesta terça-feira, ressaltando o desafio de se impor sanções para conter o programa de armas do regime norte-coreano.

Míssil balístico intercontinental Hwasong-14 em Pyongyang, em foto divulgada pela mídia estatal norte-coreana. KCNA/via REUTERS

A televisão estatal da Coreia do Norte mostrou um caminhão grande pintado com camuflagem militar carregando o míssil. O veículo é idêntico a outro que uma comissão de sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) disse “muito provavelmente” ter sido convertido de um caminhão chinês para toras de madeira.

Desde 2006 sanções da ONU proíbem o envio de equipamentos militares para a Coreia do Norte, mas o controle de equipamentos e veículos que têm “uso duplo” civil e militar vem sendo bem menos rigoroso.

O veículo foi importado da China e o Ministério das Relações Exteriores norte-coreano o declarou de uso civil, de acordo com um relatório de 2013 da comissão da ONU. O lançamento desta terça-feira representou a primeira vez em que o caminhão foi visto em uma operação de campo militar em fotos publicadas na mídia estatal.

A China, maior parceira comercial e única grande aliada de Pyongyang, está cada vez mais pressionada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que disse que os esforços chineses para refrear os programas de armas do regime norte-coreana fracassaram.

O caminhão já havia sido exibido em desfiles militares em 2012 e em 2013 levando o que especialistas disseram parecer modelos em desenvolvimento ou falsificações dos mísseis balísticos intercontinentais norte-coreanos.

Imagens veiculadas na TV estatal da Coreia do Norte mostraram soldados trabalhando no veículo equipado com um míssil, que depois foi erguido e descarregado antes do disparo realizado em uma colina. O líder Kim Jong Un supervisionou o teste.

O transportador-guindaste-lançador (TEL, na sigla em inglês) é um veículo concebido para transportar um míssil balístico e colocá-lo de pé, criando um sistema móvel que torna a vigilância difícil para satélites de espionagem.

No relatório de 2013, a comissão de especialistas da ONU disse que as características do veículo visto no desfile de 2012 combinavam exatamente com as de um veículo vendido pela Companhia de Veículos Especiais Hubei Sanjiang Space Wanshan da China.

A comissão disse que “considera mais provável que (a Coreia do Norte) tenha violado deliberadamente” o certificado do fabricante do caminhão e o convertido em um transportador-guindaste-lançador.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below