16 de Julho de 2017 / às 16:01 / em 5 meses

Paquistão lança operação militar em áreas tribais visando Estado Islâmico

ISLAMABAD (Reuters) - O Exército do Paquistão lançou uma enorme operação em suas voláteis áreas tribais para impedir que o Estado Islâmico faça incursões em áreas de fronteira com o Afeganistão, disse o porta-voz do Exército neste domingo.

O Paquistão tem negado há muito tempo que o Estado Islâmico tenha uma base no país, que tem armamentos nucleares, apesar de uma série de ataques assumidos pelo grupo nos últimos dois anos, incluindo um ataque à bomba na cidade de Parachinar no mês passado que deixou 75 mortos.

O porta-voz do Exército, tenente-general Asif Ghafoor, disse que o Estado Islâmico --também conhecido como Daesh-- estava ganhando força no Afeganistão, levando o Paquistão a lançar uma operação nas Áreas Tribais Administradas pela Federação.

“Esta operação foi necessária porque o Daesh está se estabelecendo lá e nós temos que impedir que a influência do Daesh se dissemine em território paquistanês através do vale Rajgal”, disse Ghafoor, referindo-se ao vale cercado por montanhas.

Ele disse que a operação “Khyber 4”, que incluirá a Força Aérea do Paquistão, focará em áreas fronteiriças dentro da área da Agência Khyber, que é parte das Áreas Tribais Administradas pela Federação.

Ghafoor disse que ao redor da fronteira de Khyber há portos seguros para várias organizações terroristas que estão relacionadas aos recentes ataques no Paquistão, incluindo o de Parachinar.

Por Saad Sayeed

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below