20 de Julho de 2017 / às 11:59 / 3 meses atrás

BCE mantém plano de estímulo apesar de crescimento mais forte

Sede do Banco Central Europeu em Frankfurt, Alemanha 12/03/2016 EUTERS/Kai Pfaffenbach

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) reafirmou a sua política ultraexpansionista nesta quinta-feira e manteve a porta aberta para impulsionar as suas compras de títulos, se necessário, apesar do aumento da economia da zona do euro.

O BCE manteve as taxas baixas e confirmou que o seu programa de compra de ativos continuaria em 60 bilhões de euros por mês, pelo menos até dezembro, podendo ser expandido se necessário.

Os investidores têm procurado indícios de que o BCE possa começar a reduzir o regime desde que o presidente Mario Draghi disse no final do mês passado que os ajustes poderiam acompanhar a recuperação econômica da zona do euro.

O BCE também manteve sua taxa de depósito em -0,40 por cento, que atualmente é a principal ferramenta da taxa de juros, como esperado.

A principal taxa de refinanciamento, que determina o custo do crédito na economia, manteve-se zero por cento, enquanto a taxa de empréstimo continuou em 0,25 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below