27 de Julho de 2017 / às 13:18 / em 3 meses

Aprovação do governo Temer cai a 5% e rejeição sobe a 70%, diz CNI/Ibope

Presidente Michel Temer durante cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil 25/7/2017 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - A popularidade do presidente Michel Temer sofreu uma forte queda entre março e julho e chegou a seu patamar mais baixo, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira, a primeira a ser realizada pelo instituto após a apresentação de denúncia de corrupção contra o presidente.

A avaliação negativa do governo subiu para 70 por cento em julho ante 55 por cento em março, enquanto a desaprovação à maneira de governar foi para 83 por cento contra 73 por cento no levantamento passado.

A aprovação ao governo ficou em 5 por cento, ante 10 por cento em março, enquanto aqueles que consideram o governo regular somaram 21 por cento, contra 31 por cento, segundo o levantamento.

A pesquisa apontou ainda que 87 por cento dos entrevistados não confiam no presidente, ao mesmo tempo em que 10 por cento disseram confiar em Temer. Os dados sobre as perspectivas para o governo também não são favoráveis a Temer. Para 65 por cento o restante do governo será ruim ou péssimo, enquanto 9 por cento acreditam que será ótimo ou bom.

Esse cenário, contudo, pode melhor se a economia mostrar recuperação, disse o gerente da pesquisa na Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato da Fonseca.

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em 125 municípios entre 13 e 16 de julho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Por Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below