3 de Agosto de 2017 / às 20:06 / em 4 meses

Neymar conclui transferência recorde para o PSG e assina contrato de 5 anos

PARIS (Reuters) - Neymar concluiu sua transferência recorde do Barcelona para o Paris St Germain nesta quinta-feira ao assinar um contrato de cinco anos com o clube francês, depois do pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros.

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante reunião em Brasília 22/07/2017 REUTERS/Mike Segar

O atacante brasileiro de 25 anos, que será apresentado aos torcedores no sábado, terá compromisso com o PSG até junho de 2022, informou o clube em um comunicado.

“Hoje, com a chegada de Neymar Jr, estou convencido de que chegamos ainda mais perto, com o apoio de torcedores fiéis, de realizar nossos maiores sonhos”, disse o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi.

Tanto o Barcelona como a liga espanhola questionaram se a negociação cumpriu os regulamentos financeiros da Uefa, e o clube catalão disse que informou o acordo para o órgão que controla o futebol europeu.

A transferência dobra a taxa recorde mundial anterior paga por um jogador, na qual Paul Pogba se mudou em agosto passado da Juventus para o Manchester United por 105 milhões de euros.

Com os gigantes espanhóis que certamente estarão no mercado para substituir o atacante brasileiro -e com um forte orçamento para investir- a transferência de Neymar poderia desencadear uma reação em cadeia de negócios nos principais clubes da Europa.

Neymar afirmou que a ambição do Paris Saint-Germain o levou ao clube francês e garantiu estar preparado para o desafio de ajudar o time a conquistar títulos importantes.

“A ambição do Paris Saint-Germain me atraiu para o clube, junto com a paixão e energia que isso trouxe. Eu joguei na Europa por quatro temporadas e eu me sinto pronto para aceitar este desafio”, disse Neymar em comunicado nesta quinta-feira.

“Desde que cheguei à Europa, o clube sempre foi um dos mais competitivos e ambiciosos. E o maior desafio, o que mais me motivou a me juntar aos meus novos companheiros, foi ajudar o clube a conquistar os títulos que sua torcida quer”, completou.

O Barcelona confirmou nesta quinta-feira que a multa rescisória para liberação de Neymar foi paga.

O Barça disse em comunicado em seu site que os representantes legais de Neymar “visitaram pessoalmente os escritórios do clube e efetuaram o pagamento de 222 milhões de euros”.

A equipe espanhola afirmou que passaria detalhes da operação à Uefa “para que possa determinar as responsabilidades disciplinares que podem resultar deste caso”.

A Uefa, cujas regras de ‘fair play’ financeiro impedem os clubes de gastar mais do que arrecadam, recusou-se a comentar, mas um porta-voz ressaltou que as transferências internacionais estão dentro do mandato da Fifa.

Reportagem de Sarah White e Michael Gore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below