7 de Agosto de 2017 / às 10:33 / 2 meses atrás

Maduro diz que ataque contra base foi cometido por "mercenários" e 2 foram mortos

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse no domingo que o ataque a uma base militar perto da cidade de Valência foi cometido por um grupo de cerca de 20 “mercenários”, e que dois deles foram mortos pelas forças militares, que os repeliram com sucesso.

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fala durante transmissão semanal, em Caracas 06/08/2017 Palácio de Miraflores/Divulgação via REUTERS

Anteriormente no domingo, um homem que se identificou como Juan Carlos Caguaripano, ex-capitão da Guarda Nacional, anunciou a rebelião em um vídeo: “Exigimos a formação imediata de um governo de transição”. Ele estava rodeado por uma dúzia de homens com uniformes militares.

Uma testemunha na área de uma base militar na cidade de Naguanagua informou ter ouvido tiros antes do amanhecer, mas autoridades venezuelanas afirmaram ter controlado a situação.

Reportagem de Corina Pons

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below