7 de Agosto de 2017 / às 14:39 / em 4 meses

Temer diz que "nós contra eles" não pode prevalecer e faz apelo por união

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Michel Temer fez um apelo nesta segunda-feira pela união do país e disse que a “história do nós contra eles não pode prevalecer”, no momento em que tenta recuperar a força de seu governo após barrar denúncia de crime de corrupção em votação na Câmara dos Deputados.

Presidente Michel Temer, durante cerimônia em São Paulo 07/08/2017 REUTERS/Paulo Whitaker

“É inadmissível que brasileiros se joguem contra brasileiros”, afirmou o presidente em discurso durante evento para assinatura de acordo para a criação de um parque municipal em São Paulo.

Na semana passada a Câmara suspendeu a tramitação da denúncia de corrupção passiva apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer com base nas delações da JBS, dando fôlego ao governo para tentar retomar a agenda de reformas.

No evento na capital paulista, Temer acrescentou que o Brasil demanda rapidez e não pode parar.

Reportagem de Eduardo Simões

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below