10 de Agosto de 2017 / às 14:30 / em 4 meses

Rússia diz que sanções internacionais contra Venezuela "não são construtivas"

MOSCOU (Reuters) - As novas sanções impostas contra a Venezuela não são construtivas, disse o Ministério de Relações Exteriores da Rússia nesta quinta-feira, chamando a criação da Assembleia Nacional Constituinte do país sul-americano de base para avançar em direção à estabilidade.

Mulher segura bandeira da Venezuela durante protesto contra a Assembleia Nacional Constituinte, na Cidade do México 30/07/2017 REUTERS/Henry Romero

Os Estados Unidos impuseram sanções contra oito autoridades venezuelanas na quarta-feira pelo papel que desempenharam na criação do poderoso novo órgão legislativo, fiel ao presidente Nicolás Maduro.

As novas sanções dos EUA tiveram como alvo políticos e figuras de segurança, mas pouparam a vital indústria de petróleo da Venezuela. Sanções contra o setor de energia, que prejudicariam a já debilitada economia do país, ainda estão sendo consideradas, disseram autoridades norte-americanas.

Reportagem de Dmitry Solovyov

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below