October 18, 2017 / 11:35 AM / a year ago

Espanha pede que líder catalão atue com sensatez na véspera de prazo para tomada de controle

Presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, durante discurso no Parlamento regional em Barcelona REUTERS/Albert Gea

MADRI (Reuters) - A Espanha pediu nesta quarta-feira ao líder catalão que “atue com sensatez”, apenas 24 horas antes de um prazo dado pelo governo central espanhol para a região desistir de uma iniciativa separatista.

“Peço a Puigdemont que aja com sensatez, de forma equilibrada, para colocar os interesses de todos os cidadãos em primeiro lugar”, disse o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, ao Parlamento.

Madri ameaçou assumir o controle da Catalunha, que representa um quinto da economia da Espanha, se Puigdemont não voltar atrás até quinta-feira em uma declaração de independência ambígua que fez na semana passada.

A disputa vem abalando os mercados financeiros e levando empresas a transferirem suas bases legais às pressas para locais mais seguros.

Cerca de 700 companhias deixaram a Catalunha entre 2 de outubro —dia seguinte a um referendo de independência que Madri considerou ilegal-– e 16 de outubro, de acordo com o registro de empresas espanhol.

O prazo de quinta-feira é a última chance para Puigdemont se retratar da declaração de independência que fez e suspendeu imediatamente em 10 de outubro. Madri ridicularizou a ambiguidade da proclamação, que continuava sem esclarecimento depois do vencimento de um prazo anterior na segunda-feira.

Reportagem adicional de Paul Day

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below