October 18, 2017 / 2:40 PM / a year ago

Para Tasso, Aécio não tem "condições" de ficar no comando do PSDB

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou nesta quarta-feira que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) deveria renunciar definitivamente ao comando da legenda.

Senador Aécio Neves durante sessão do Senado, em Brasília 04/07/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

“Acho que sim (renunciar ao mandato), porque eu acho que ele não tem condições, dentro das circunstâncias em que está, de ficar como presidente do partido. Nós precisamos ter uma solução definitiva, não provisória”, disse.

O comentário de Tasso ocorre um dia após o Senado ter derrubado a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que impôs ao tucano medidas cautelares, e determinado o retorno de Aécio ao mandato parlamentar.

O presidente interino do PSDB disse ainda não ter conversado com Aécio após a decisão do Senado e afirmou que pretende falar com ele ainda nesta quarta-feira.

Tasso avaliou que a decisão dos senadores na véspera foi “mal-interpretada” porque não se refere diretamente ao até então senador afastado. Para ele, a decisão tem por objetivo dar a Aécio direito que não teve até agora, direito de defesa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below