October 27, 2017 / 2:25 PM / in 9 months

ANP diz que Brasil retoma espaço na 1ª liga do mercado de petróleo com leilões do pré-sal

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil retomará seu espaço na “primeira liga” do mercado global de petróleo com os leilões do pré-sal que estão acontecendo nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, disse na abertura do evento o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Decio Oddone.

Diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro 26/04/2017 REUTERS/Pilar Olivares

Segundo ele, houve uma perda de tempo no desenvolvimento de áreas do pré-sal, em meio a regras anteriores que restringiam a participação de grandes petroleiras.

“Esse atraso para o leilão do pré-sal foi a maior oportunidade perdida em uma geração, nós estamos deixando esse tempo para trás”, disse Oddone.

O diretor-geral da ANP destacou ainda que, com os leilões desta sexta-feira, o Estado de São Paulo ganhará mais relevância na produção de petróleo nacional, uma vez que grandes áreas estão dentro das fronteiras paulistas.

“Carcará, parte de Sapinhoá e parte de Peroba estão localizados em frente ao Estado de São Paulo, o resto das áreas está no litoral do Rio de Janeiro. Fruto desse leilão, São Paulo vai se converter em um dos principais produtores do Brasil...”, disse ele.

Ele ponderou ainda que o Rio de Janeiro “voltará a ser a capital brasileira do petróleo”.

Por Marta Nogueira; Rodrigo Viga Gaier, Alexandra Alper, Luciano Costa e Simon Webb

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below