December 12, 2017 / 2:12 PM / 10 months ago

Dólar sobe e vai a R$3,31 com investidores cautelosos diante da reforma da Previdência

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar subia nesta terça-feira, mantendo a trajetória dos últimos dias e indo ao patamar de 3,31 reais, com os investidores ainda cautelosos com as negociações do governo para tentar votar a reforma da Previdência na próxima semana.

Às 12:06, o dólar avançava 0,49 por cento, a 3,3134 reais na venda, depois de ir a 3,3236 reais máxima do dia. Nos útimos três pregões, a divisa norte-americana acumulou alta de pouco mais de 2 por cento.

O dólar futuro exibia alta de cerca de 0,20 por cento.

“O mercado está em compasso de espera... O volume (de negociações), inclusive, tem diminuído”, afirmou o operador da corretora H.Commcor Cleber Alessie Machado. “O dólar, no entanto, tem respeitado os 3,30 reais, não tem se afastado muito desse patamar”, emendou.

O governo continuava trabalhando para conquistar os votos que ainda faltam para aprovar a reforma da Previdência ainda neste ano na Câmara dos Deputados, mas tem enfrentado dificuldades.

Com isso, decidiu antecipar para quinta-feira o início da discussão sobre a proposta no plenário da Câmara dos Deputados com o objetivo de ter um quadro real de apoios que poderá contar para tentar votar o texto na próxima semana, disse na véspera à Reuters uma fonte palaciana.

No final desta manhã, no entanto, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a dizer que é difícil votar a reforma na semana que vem, mas que continua trabalhando neste sentido, e que é irrelevante se o tema impacta ou não o mercado financeiro.

No exterior, o dólar tinha leve alta ante uma cesta de moedas à espera da reunião do Federal Reserve, banco central norte-americano, no dia seguinte, em meio a amplas apostas de que banco central dos Estados Unidos elevará a taxa de juros pela quinta vez desde o final de 2015.

A moeda norte-americana subia ante algumas moedas de países emergentes, como o rand sul-africano e o peso mexicano.

O Banco Central vendeu o total de até 14 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de janeiro. Até agora, rolou o equivalente a 5,6 bilhões de dólares do total de 9,638 bilhões de dólares que vencem no mês que vem.

O BC ainda realiza nesta sessão novo leilão de venda de dólares com compromisso de recompra, com oferta de até 2 bilhões de dólares, o mesmo do leilão anterior, no último dia 5.

O leilão “A” acontece de 15:15 às 15:20 e o leilão “B”, de 15:35 às 15:40. As operações, que não são para rolagem de contratos a vencer, serão liquidadas no dia 14 de dezembro.

De acordo com o BC, o objetivo desses leilões é dar liquidez ao mercado no final do ano, quando ela costuma ficar menor.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below