December 13, 2017 / 3:59 PM / in a year

Alckmin defende "convencimento" após PSDB fechar questão a favor da reforma da Previdência

Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, fala durante fórum em São Paulo 27/11/2017 REUTERS/Leonardo Benassatto

BRASÍLIA (Reuters) - O governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, disse nesta quarta-feira que a decisão do partido de fechar questão a favor da reforma da Previdência não discutiu eventuais punições pelo descumprimento da orientação, embora elas não estejam excluídas.

Em rápida entrevista após reunião da Executiva Nacional tucana, Alckmin disse que a primeira tarefa agora é de convencimento.

Segundo o líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli (SP), o apoio à reforma na bancada, que era de 12 deputados, já ultrapassou os 20. Para ele, o fechamento de questão deve facilitar a adesão de alguns parlamentares.

Reportagem de Mateus Maia

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below