December 14, 2017 / 2:56 PM / a year ago

Volkswagem diz que alguns funcionários colaboraram com o regime militar brasileiro

FRANKFURT (Reuters) - A Volkswagen (VOWG_p.DE) disse na quinta-feira que um historiador contratado pela montadora descobriu que alguns dos funcionários de segurança da Volkswagen do Brasil cooperaram com o ex-regime militar no país.

“Não há provas claras que a cooperação foi institucionalizada pela empresa”, disse Christopher Kopper, professor de história da Universidade de Bielefeld, na Alemanha, que realizou o estudo sobre o papel da Volkswagen no Brasil de 1964 a 1985.

Kopper baseou seu estudo em declarações feitas por antigos funcionários, documentos dos arquivos corporativos da Volkswagen na Alemanha e no Brasil, bem como arquivos do governo brasileiro, disse a Volkswagen.

Por Arno Schuetze

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below