December 15, 2017 / 6:48 PM / a month ago

Fifa suspende presidente da CBF, Del Nero, por 90 dias; coronel Nunes assume entidade

ZURIQUE (Reuters) - O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, foi suspenso por 90 dias pela Fifa nesta sexta-feira, enquanto é investigado por suposta conduta antiética, informou a entidade que comanda o futebol mundial em comunicado.

A CBF disse ter recebido a notificação da decisão do Comitê de Ética da Fifa e que, de acordo com seu estatuto, “o vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima assume interinamente a presidência”.

Coronel Nunes, como ele é conhecido, é presidente licenciado da Federação Paraense de Futebol.

Del Nero, ex-membro do comitê executivo da Fifa, está entre os 42 dirigentes de futebol e executivos de marketing esportivo indiciados nos Estados Unidos em 2015 em um escândalo de corrupção que provocou a maior crise da história da Fifa.

O Brasil não permite a extradição de seus cidadãos, e Del Nero permaneceu como presidente da CBF até a decisão desta sexta-feira.

Del Nero, de 76 anos, nega qualquer irregularidade. Em nota divulgada por seus advogados, ele disse que sua defesa vai requerer “o arquivamento dessas graciosas especulações investigativas e a adoção das contramedidas cabíveis”.

O dirigente afirmou que nunca recebeu “vantagens indevidas” e que as contratações de que a CBF participou que estão sob suspeita “são todas anteriores à minha gestão”, ressaltando que assumiu a presidência da CBF em 2015.

Os dois predecessores imediatos de Del Nero, José Maria Marin e Ricardo Teixeira, também estão entre os indiciados nos Estados Unidos.

Marin está atualmente sendo julgado nos EUA ao lado do ex-presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol Juan Napout e do ex-chefe do futebol peruano Manuel Burga.

Os três se declararam inocentes de alegações de que estavam envolvidos em uma conspiração para levar subornos de empresas de marketing esportivo em troca de lucrativos direitos de comercialização de torneios de futebol, incluindo a Copa América e a Copa Libertadores.

Teixeira, que também negou ter cometido irregularidade, permaneceu no Brasil.

A Fifa não divulgou qualquer detalhe nesta sexta sobre as supostas violações envolvendo Del Nero, dizendo apenas que ele foi “suspenso de todas as atividades de futebol em nível nacional e internacional”, após um pedido do seu principal investigador de ética.

A Fifa informou que a punição pode ser prorrogada por mais 45 dias para permitir que as investigações continuem.

Por John Revill e Brian Homewood, com reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below