December 22, 2017 / 9:13 AM / 10 months ago

Separatistas ganham eleição da Catalunha em repreensão à Espanha e União Europeia

BARCELONA (Reuters) - Separatistas da Catalunha parecem prontos para recuperar o poder na rica região espanhola após eleições locais na quinta-feira, aprofundando a crise política do país em uma nítida repreensão ao primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, e a líderes da União Europeia que o apoiaram.

Pessoas reagem ao resultado das eleições regionais da Catalunha em Barcelona, Espanha 21/12/2017 REUTERS/Albert Gea

Com quase todos os votos apurados, partidos separatistas conquistaram uma pequena maioria no Parlamento catalão, em um resultado que promete prolongar tensões políticas que têm prejudicado a economia espanhola e desencadeado um êxodo comercial da região.

Rajoy, que convocou as eleições após destituir o governo separatista anterior, esperava que a “maioria silenciosa” da Catalunha superaria os separatistas, mas seu tiro saiu pela culatra.

O resultado inesperado prepara o palco para o retorno ao poder do presidente catalão deposto, Carles Puigdemont, que fez campanha a partir de Bruxelas, onde está vivendo em autoexílio. Procuradores o acusam de insubordinação e ele pode ser preso se voltar para casa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below